As batidas do horrível coração

23:43

olho-olho-olho-olho-olho
olho de abutre
breu insuportável
a respiração
o silêncio
o susto
o assassinato silencioso
olho-olho-olho-olho-olho

batidas na porta
o inquérito do coração
o inquérito
o barulho
batidas no coração
zombam do inquérito
palpita-palpita-apita-pita-ta-a
zombam do assassino
palpita-palpita-palpita
zombam das batidas no coração
mais alto
mais alto mais alto
palpita-palpita-palpita
mais alto

enfim é o fim
o olho dilata
o coração delata
loucura transforma-se em próprio medo


_Gabriel dos Santos_


Publicado originalmente em Os Escritores Invisíveis, espaço de exposição literária que divido com o poeta Marcio Markendorf.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images