sadistic blues

21:15



meu tiro desidratado
cheio de escrúpulos
desaparece de fraqueza:
aquele remorso antigo, religioso, covarde.
como fica meu mergulho na piscina?
os carros de polícia voam pelas janelas
pra estourar a retina de algum criminoso
estuprador homicida infanticida
os fuzis dos nossos heróis apontam para seus alvos
descamisados e vermelhos.
os fuzis sentem remorso.
o horror das veias camufladas
sugando todas essas almas
vou fugir pela esquerda e queimam meus pés
é o fim do lume
vou fugir pela direita e arrancam minha cabeça
já um costume
não é tão engraçado
quando sessenta por cento do seu corpo vira chama

obrigado, Lord,
por saber que eu morri demais
e não dou a mínima.
obrigado, Lord,
por cuidar dessa incerteza
até quando eu já estou tão cansado.

Lord,
o nosso horror precisa ser compartido.

_Gabriel Resende Santos_

Imagem: Sun Breaking Through the Fog, de Claude Monet.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images