uma garota hardcore

22:59




falta só a felicidade.

a felicidade, línguas deslizam,
se veste de preto e pinta o cabelo com
cores primárias.

curte nietzsche desde a quinta série
e aprendeu a contar todos os pelos
de seu bigode velho.

mora com os pais e vai pra escola de segunda
à sexta, quando não mata com o namoradinho
para ver filmes de horror.

aos treze anos timidamente pôs
seu primeiro piercing, na língua, e
não pretende mais nenhum.

a felicidade escreve em vastos diários
notas sobre seus sonhos, mas lamenta
não lembrar da maioria.

gosta de cachorros e gatos,
mas não gosta tanto das pessoas por ser
consideravelmente esperta.

andou pensando em trocar seu nome
para karen jezkóva, atiçando a curiosidade
dos poetas míopes.

mas a felicidade precisa confessar
pra si mesma que as coisas como estão
não estão más.

acordando cedo e dormindo tarde,
conhecendo gente nova nas redes sociais,
tirando boas notas em física,

perseguindo homens de areia
para mutilar seus dedos dos pés
e beber seus desejos. 

olhos incômodos que arrastam
uma adolescência ardente e escura
pela gritaria da solidão.



_Gabriel Resende Santos_

You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images